Lyrics

corner
Viewing Lyrics for A Minha Voz Esta No Ar:

Artist:Faca£o Central
No album artwork found
Album:Unknown
Track:A Minha Voz Esta No Ar
 
Date Added:18/10/2007
Rating:not yet rated     
Views:1030
 
Lyrics:A BOCA SaƒÂ“ SE CALA QUANDO O TIRO ACERTA
EU SOU O SANGUE O DEFUNTO NO
CHaƒÂƒO DA FAVELA
A ORAaƒÂ‡aƒÂƒO DA TIA SEM COMIDA
O MENDIGO
COM A PERNA CHEIA DE FERIDA
EU RIMO O LADRaƒÂƒO QUE MATA O PLAYBOY
O VICIADO QUE
TOMA TIRO DO GAMBaƒÂ‰ DO GaƒÂ“I
O DETENTO QUE CORTA O
PESCOaƒÂ‡O DO REFaƒÂ‰M
O ALCOaƒÂ“LATRA NO BAR BEBENDO 51
TAMBaƒÂ‰M
CANTO O HISTaƒÂ“RIA DO TRAFICANTE
DO LADRaƒÂƒO NO
BANCO BEBENDO SEU SANGUE
DO MOLEQUE COM A TESTA NO MURO DA FEBEM
DO NORDESTINO TOMANDO SOPA
NA CETEM
CANTO O CORPO QUE BaƒÂ“IA aƒÂ‰ DECOMPOSTO NO RIO
A 12 QUE
ENTRA NA MANSaƒÂƒO A MIL
CADaƒÂŠ O DINHEIRO TIO
NaƒÂƒO TEM
ENTaƒÂƒO BUM VAI PRA PUTA QUE O PARIU
O MEU ASSUNTO aƒÂ‰ FAVELA FARINHA
DETENaƒÂ‡aƒÂƒO
SOU LOCUTOR DO INFERNO ATaƒÂ‰ A MORTE
FACaƒÂ‡aƒÂƒO
aƒÂ‰ UMA GOTA DE SANGUE EM CADA
DEPOIMENTO
INFELIZMENTE aƒÂ‰ RAP VIOLENTO
EDUARDO DUM DUM ERICK 12
LAMENTO
VERSOS SANGRENTOS
PODE LIGAR PODE AMEAaƒÂ‡AR
ENQUANTO A TAMPA DO
CAIXaƒÂƒO NaƒÂƒO FECHAR
MINHA VOZ TA NO AR
4x A BOCA SaƒÂ“ SE
CALA QUANDO O TIRO ACERTA-TA
QUANDO O TIRO ACERTA
FALO DO MANO COM A PT CARREGADA
QUE
POR PORRA NENHUMA TE MATA
DA CRIANaƒÂ‡A VENDENDO SEU CORPO POR NADA
DA
FAMaƒÂLIA QUE COME FARINHA COM aƒÂGUA
OU O HUMILDE BRASILEIRO AQUI DA
PERIFERIA
QUE USA TaƒÂŠNIS DA BARRACA CAMISA DA GALERIA
CANTA PRO MOLEQUE COM FOME
SEM CONFORTO
NaƒÂƒO ROUBAR SEU ROLEX
NaƒÂƒO CORTAR SEU
PESCOaƒÂ‡O
DA OS DaƒÂ“LARES SENaƒÂƒO VAI PRO
INFERNO
aƒÂ‰ ISSO QUE EU TENTO EVITAR COM MEU VERSO
QUE DEFENDE QUEM
NaƒÂƒO PODE SE DEFENDER
QUE TA DO LADO DE QUEM ASSALTA PRO FILHO
COMER
NaƒÂƒO ACENO BANDEIRA NaƒÂƒO COLO ADESIVO
NaƒÂƒO TENHO
PARTIDO ODEIO POLaƒÂTICO
A aƒÂšNICA CAMPANHA QUE EU FAaƒÂ‡O
aƒÂ‰ PELO ENSINO
aƒÂ‰ PRO MEU POVO SE MANTER VIVO
NaƒÂƒO
ENQUADRAR O BOY DE CARRO IMPORTADO
ABAIXAR O REVOLVER PROCURAR UM TRABALHO
aƒÂ‰
UMA GOTA DE SANGUE EM CADA DEPOIMENTO
INFELIZMENTE aƒÂ‰ RAP VIOLENTO
EDUARDO DUM
DUM ERICK 12 LAMENTO
VERSOS SANGRENTOS
PODE LIGAR PODE AMEAaƒÂ‡AR
ENQUANTO A
TAMPA DO CAIXaƒÂƒO NaƒÂƒO FECHAR
MINHA VOZ TA NO AR
4x A BOCA
SaƒÂ“ SE CALA QUANDO O TIRO ACERTA-TA
QUANDO O TIRO ACERTA
NaƒÂƒO CANTO
PRA MALUCO REBOLAR
MEU SOM aƒÂ‰ PRA PENSAR PRA LADRaƒÂƒO
RACIOCINAR
NaƒÂƒO TO NA TV NEM NO RaƒÂDIO
NaƒÂƒO
FAaƒÂ‡O RAP PRA CUZaƒÂƒO BALANaƒÂ‡AR O RABO
QUERO MINHA VOZ
DANDO LUZ PRO PRESIDIaƒÂRIO
DENUNCIANDO A PODRIDaƒÂƒO DO SISTEMA
CARCERaƒÂRIO
TIRANDO A MOLECADA DA FARINHA
NaƒÂƒO QUERO SEU FILHO NA
MESA DO LEGISTA
EU TO DO LADO DA CRIANaƒÂ‡A COM FOME DESNUTRIDA
QUE DA BOTE NA
BURGUESA aƒÂ‰ CORRE NA AVENIDA
EU SOU IGUAL QUALQUER LADRaƒÂƒO
QUALQUER
ASSASSINO
UM REVaƒÂ“LVER UM MOTIVO aƒÂ‰ SaƒÂ“ O QUE EU PRECISO

PRA ROUBAR SEU FILHO METER UM LATROCaƒÂNIO
QUEM VIU A MaƒÂƒE PEDINDO
ESMOLA TEM SANGUE NO RACIOCaƒÂNIO
MEU aƒÂ“DIO MEU VERSO
COMBINAaƒÂ‡aƒÂƒO PERFEITA
REVOLTA DO MEU POVO aƒÂ‰ O VENENO DA
LETRA
MENOS VIOLENTO AQUI UM PRATO COM MIGALHAS
OU O LADRaƒÂƒO TE CORTANDO COM A
NAVALHA
EU CANTO O CORTEJO O CARRO FUNERaƒÂRIO
O PAI DE FAMaƒÂLIA
SONHANDO COM UM SALaƒÂRIO
aƒÂ‰ UMA GOTA DE SANGUE EM CADA
DEPOIMENTO
INFELIZMENTE aƒÂ‰ RAP VIOLENTO
EDUARDO DUNDUM ERICK 12
LAMENTO
VERSOS SANGRENTOS
PODE LIGAR PODE AMEAaƒÂ‡AR
ENQUANTO A TAMPA DO
CAIXaƒÂƒO NaƒÂƒO FECHAR
MINHA VOZ TA NO AR
4x A BOCA SaƒÂ“ SE
CALA QUANDO O TIRO ACERTA-TA
QUANDO O TIRO ACERTA
 
 Add to del.icio.us    Digg this    Reddit


More Faca£o Central Lyrics:

1.   Assalto A Banco  view
2.   A Minha Voz Esta No Ar  view
3.   A Marcha Fúnebre Prossegue  view
4.   Aqui Ela Não Pode Voar  view
5.   Apologia Ao Crime  view
6.   Anjo Da Guarda Vs Lúcifer  view
7.   A Luz Do Fim Do Túnel Apagou  view
8.   A Boca Só Se Cala Quando o Tiro Acerta  view